juros menores

3 Dicas para lidar com Juros Altos de Empréstimos

Possuir um empréstimo ou financiamento já contratado, mas não ter nenhuma perspectiva de conseguir quitá-lo no curto prazo, não é das situações mais agradáveis do mundo. Pior ainda se os juros forem altos. Porém, não desista. Sempre há uma possibilidade de economia! O negócio é tentar ao menos buscar alternativas de juros e taxas menores. Pode dar um pouco de trabalho, mas isso vai lhe dar um retorno que realmente irá valer a pena!

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Risco fundo DI x fundo renda fixa

Por que um fundo DI oferece menos risco do que um fundo de renda fixa?

Fundos DI e fundos de renda fixa investem de forma direta ou indireta (através da aquisição de cotas de outros fundos) quase a totalidade de seu patrimônio em títulos de renda fixa, tanto prefixados quanto pós-fixados. Mas, qual a diferença entre eles? Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
cartao_credito_parcelas

Antes de parcelar a fatura do cartão de crédito, estude outras alternativas

Está sem dinheiro para quitar a fatura total do seu cartão de crédito? A primeira solução que aparece é parcelar a fatura do cartão de crédito. Entretanto, existem outras opções que podem ser mais vantajosas que parcelar a fatura do cartão de crédito. Veja quais as melhores alternativas para contornar esta situação. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
alugar_comprar_casa

Comprar ou alugar imóvel para morar?

A decisão de comprar um imóvel para morar não é simples, mesmo para os afortunados que tem dinheiro para realizar a compra à vista. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Indicadores financeiros setembro 2014

Indicadores financeiros – setembro 2014

Em setembro/2014, o índice Bovespa teve a maior baixa mensal desde maio/2012 (-11,86%) com desvalorização de 11,70%, fechando o mês com 54.115 pontos. No ano, o índice ainda acumula alta de 5,06%, menos do que poupança (5,22%) e CDI (7,83%). Já o dólar comercial (PTAX 800 venda) subiu 9,44% no mês (maior alta mensal desde set/11, quando subiu 16,83%) e 4,63% no ano, cotado a R$ 2,4510. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Plano de previdência privada

Devo trocar meu plano de previdência?

Ao analisar a rentabilidade dos planos de previdência (PGBL ou VGBL) nos últimos meses, muita gente ficou preocupada com as baixas rentabilidades apresentadas por eles. Dentre as diversas causas, destacam-se as altas taxas de administração e de carregamento cobradas pelas EAPCs (Entidade Aberta de Previdência Complementar), principalmente para os pequenos investidores. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Economize no celular

Como não cair na tentação de comprar um Celular ultramoderno.

É fato, os telefones celulares inteligentes, conhecidos como ‘smartphones’, estão entre os objetos de consumo mais desejados atualmente. É um verdadeiro mercado em explosão, no melhor dos sentidos: o crescimento na venda destes aparelhos anda na casa dos 20%! É só abrir o jornal de domingo e analisar os encartes de propaganda dos grandes varejistas: os celulares ocupam posição privilegiada.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
contas_blog

Como organizar as contas do dia a dia.

Contas de luz, telefone, internet, aluguel, condomínio, estacionamento, faculdade, financiamento, cartão de crédito… Contas e mais contas, quem não as tem? E o pior é que quando terminamos de pagar as contas do mês, vem as contas do próximo mês.

Entre tantas coisas a fazer durante o dia, é difícil encontrar alguém que não tenha atrasado uma conta. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Ibovespa ou CDI

Ibovespa ou CDI: Qual indicador rendeu mais em 20 anos?

Quem investiu R$ 100 no Índice Bovespa em 30/jun/1994 teria em 17/set/2014 um saldo de R$ 1.631,38, um retorno de 1531% em pouco mais de 20 anos. Para se ter uma ideia, a inflação medida pelo IPCA neste mesmo período foi de 363%. No entanto, o CDI apresentou um desempenho ainda melhor neste período. Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
Controle Financeiro

Fazer Controle Financeiro é chato ??!!

Não dá para negar: ter que controlar os nossos gastos, seja no papel, em planilhas de controle de gastos ou em aplicativos de controle financeiro, está totalmente fora da lista das coisas mais legais de se fazer. Nem mesmo controlar investimentos é algo muito prazeroso: ter que saber no detalhe qual é o rendimento em termos percentuais, quanto se paga de taxas e comparar com outras alternativas, também é igualmente trabalhoso. O bom é ver os rendimentos “caírem” em nossa conta.

Continue lendo…

Compartilhe este artigo: 
x
Assine nossa Newsletter

Digite o seu email e mantenha-se informado,