Investimento: na busca pelas melhores rentabilidades e pelas menores taxas a serem pagas, muita gente acaba encontrando boas oportunidades em bancos menores.

E aí surge a grande dúvida: será que é SEGURO? Mas se o banco quebrar, vou PERDER todo o meu dinheiro investido?

Esta preocupação é corretíssima, já que uma eventual perda do dinheiro investido pode literalmente arruinar a vida financeira de uma pessoa. E, obviamente, muitos destes bancos menores apresentam um risco de calote maior do que os grandes bancos.

Assim, fica a dica: verifique se o investimento que lhe interessou é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos). Se sim, o valor de sua aplicação até o limite de R$250.000 (incluindo os juros que irá receber) estará resguardado.

Mas atenção: este limite vale para a soma de todas as suas aplicações em uma determinada instituição financeira. Por cautela, consulte se a instituição financeira escolhida participa do FGC no site http://www.fgc.org.br.